terça-feira, 2 de agosto de 2011

Toesa aponta causas da insônia

A insônia é uma condição na qual o indivíduo tem dificuldades para dormir. O tempo de sono recomendado, normalmente, é de 7 a 8 horas por noite, mas esse período varia de uma pessoa para outra. O certo é que a ausência de boas noites de sono provocam na manhã seguinte cansaço, alteração no humor, dificuldades na concentração e até tonturas. E quando o problema persiste há o risco de diabetes, hipertensão, e problemas cardíacos.

De acordo com especialistas da Toesa, o distúrbio do sono tem como principais causas:

- Depressão
- Ansiedade
- Estresse
- Uso de determinados remédios
- Barulho excessivo nas proximidades do local do sono
- Comer de forma exagerada à noite
- Uso de substâncias que contêm café, nicotina e álcool

O excesso de preocupação com atividades cotidianas, também contribui para a insônia. Virar ininterruptas vezes de um lado para outro na cama é habitual para aqueles que trazem os problemas do trabalho, ou familiares, para o local do sono. Tranquilidade é essencial. Em vários casos, o sono é normalizado com a resolução dos problemas, e a consequente sensação de alívio. Em outras situações, no entanto, o tratamento deve ser realizado.

O uso de reguladores de sono deve ser criterioso, com orientação. São remédios que podem causar dependência, e devem ser tomados em casos mais extremos do distúrbio. Os especialistas da Toesa indicam estas formas de tratar a insônia:

- Acompanhamento psicológico para identificação de problemas
- Praticar exercícios regularmente
- Estabelecer uma rotinade sono: dormir em horários fixos
- Evitar luzes fortes, lâmpada, computador, televisão; pois são estímulos para mantê-lo acordado
- Terapias de relaxamento

Dormir bem é ideal não apenas para o dia seguinte, mas como forma de manter corpo e mente saudáveis por toda a vida. Chás, banana, hortaliças e cereais são alimentos que ajudam no combate à insônia. Fique atento, e durma bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário