segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Toesa alerta para prevenção do cálculo renal

O cálculo renal é um problema de saúde muito comum. Conhecido popularmente como pedras nos rins, ocorre devido ao acúmulo de sais minerais, ou outras substâncias, como ácido úrico, oxalato, magnésio e cálcio, nos rins, ou outros órgãos do aparelho urinário. O problema urológico provoca intensas dores na região abdominal, e embaixo das costelas, e aparece, com mais frequência, em homens na faixa dos 20 aos 50 anos.

Embora o quadro sintomático varie, a depender da posição e tamanho da pedra, os especialistas da Toesa apontam sintomas comuns para o cálculo renal, que acompanham as dores intensas ocasionadas pela movimentação da pedra no aparelho urinário:

- Sangue na urina
- Cólica renal
- Náuseas
- Dor ao urinar
- Possibilidade de infecção urinária

Nem todo cálculo renal é sintomático. Algumas pedras são eliminadas naturalmente pelo organismo; em outros casos, no entanto, o acompanhamento médico é obrigatório. Ao sentir dores extremas, o correto é procurar o atendimento de urgência. Para aliviar o incômodo, analgésicos ou espasmódicos são prescritos e o repouso é recomendado. Caso a pedra seja muito grande, ou ocorra infecção urinária, a intervenção cirúrgica é necessária. 

Para se prevenir contra futuros problemas de pedras nos rins, os especialistas da Toesa recomendam:

- Beba muita água: é importante para a eliminação de sais
- Hábitos alimentares saudáveis: evite o consumo excessivo de sal
- Faça exames de urina com frequência: importante para detectar a presença de bactérias que atuam na formação de cálculos infecciosos.

E não se esqueça. Não vá ao médico apenas quando estiver doente. Além da boa alimentação, e de beber água com frequência, o acompanhamento médico é essencial para viver de forma saudável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário