sexta-feira, 15 de julho de 2011

Toesa indica maneiras de se prevenir da conjuntivite

A conjuntivite é um problema comum; no entanto, é inevitável o incômodo e aquela irritação chata na visão. Os sintomas, em geral, são olhos avermelhados, coceira, secreção e irritação. A doença acontece devido a uma inflamação na membrana que cobre a parte branca do olho, a conjuntiva. Nas conjuntivites mais fortes aparecem áreas hemorrágicas na mucosa do olho, o que deixa a região intensamente vermelha. Embora assuste um pouco, não se preocupe, pois não há chance se obter um problema mais sério por causa da hemorragia. 

A causa da conjuntivite pode ser infecciosa, alérgica ou tóxica. Geralmente é transmitida por vírus ou bactérias e pode ser altamente contagiosa. A contaminação pode ser realizada pelo ar, principalmente em ambientes fechados, pelo uso de objetos contaminados, contato direto com pessoas contaminadas e até mesmo pela água da piscina.

Veja algumas dicas de prevenção que especialistas da Toesa indicam:

- Nunca coloque as mãos nos olhos antes de lavá-las;

- Evite banhos em piscinas públicas;

- Preste atenção no contato com pessoas contaminadas;

- Utilize óculos para conduzir motocicletas ou carros conversíveis;

- Cuidado em corrimão de escada rolante, dinheiro, botão do elevador... afinal, algumas pessoas que estão contaminadas podem ter encostado nesses lugares e os vírus instalados poderão passar para a mão de alguém que os toca. Consequentemente, quando essa pessoa passar a sua mão "contaminada" em seus olhos, em 2 a 5 dias começa a apresentar também os sintomas da conjuntivite. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário