segunda-feira, 18 de julho de 2011

Toesa adverte: Exagerar na série de exercícios é prejudicial

Nas academias de musculação o desejo por resultados imediatos é comum, e muitas pessoas, em um único dia de treino, exageram na carga e repetições. Com isso o corpo não se recupera para as próximas séries das atividades. O exagero, no entanto, é prejudicial à saúde e pode ocasionar o overtraining, que no sentido literal significa treinar demais

O overtraining ocorre quando a pessoa treina de forma tão intensa que o corpo não consegue se recuperar para as próximas sessões de exercícios. Alguns dos principais sintomas são:

- Perda de massa muscular
- Dores musculares
- Mau desempenho
- Desequilíbrio hormonal e perda da densidade óssea
- Falta de apetite
- Perda de peso
- Cansaço
- Irritabilidade
- Insônia
- Sede incomum

Quando surgem alguns desses sintomas o adepto da prática esportiva deve interromper o treinamento por duas semanas e fazer o uso de suplementos vitamínicos. O uso de suplementos, todavia, deve ser realizado com cautela, e a prescrição médica é necessária. 

De acordo com especialistas da Toesa, as seguintes práticas são importantes para evitar o overtraining:

- Dividir corretamente as séries de exercícios para não sobrecarregar agrupamentos musculares
- Estabelecer o devido tempo para o músculo descansar durante as séries
- Ter uma alimentação adequada, com alimentos de alto valor nutritivo
- Dormir em média oito horas por dia
- Usar suplementos apenas quando necessário
- Ter o acompanhamento de um profissional durante a realização das atividades físicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário