terça-feira, 12 de julho de 2011

Pombos podem trazer sérios riscos à saúde

Os pombos estão por todos os lados e podem se proliferar facilmente em ambientes urbanos. As fezes expelidas pelas aves contaminam diretamente o ambiente, afetando também alimentos e a água. Os dejetos ressecados podem ainda ser espalhados pelo vento, contaminando objetos e pessoas. A convivência da população com pombos na cidade já está sendo considerada um risco para a saúde pública

Pequenas ações podem começar a ajudar no controle dessas aves, que já viraram praga em muitos lugares. Os pombos se alimentam tanto de grãos e sementes, como de pães, resto de refeições e lixo. Portanto, dar comida aos pombos torna-se um grande erro, afinal, além de concentrar um grande número de aves, este acontecimento não faz nada bem à saúde de quem está por perto. 

Segundo Jaqueline Vasconcelos, enfermeira da Toesa, “a oferta abundante de abrigo, a ausência de predadores e o excesso de alimentos disponíveis são certamente condições favoráveis para a sua sobrevivência. A grande quantidade de microorganismos patogênicos e parasitas veiculados por essas aves é alarmante, especialmente em seus excrementos, podendo provocar sérias doenças”.

Os pombos podem provocar doenças como:

Dermatite – é causada por ácaros de pombos, proveniente das aves ou dos ninhos, que podem causar infecções na pele do homem.

Criptococose Transmitida pelo ar, devido à inalação da poeira que contém fezes secas de pombos e canários. Prejudica o pulmão e pode afetar o sistema nervoso central, o que causa micose profunda, alergias e até meningite crônica ou subaguda.

Histoplasmose Os sintomas variam desde uma infecção assintomática até febre, dor torácica, tosse, mal estar geral, anemia, entre outras. Pode causar micose profunda.

Alergias respiratórias Ocorre pela inalação de penugens e partículas de penas que irritam a mucosa respiratória, provocando alergias.

Salmonelose Ocasionada por bactérias e transmitida pela ingestão de alimentos contaminados por fezes de pombos.

Crédito da foto: HGomes

Um comentário:

  1. Obrigado por partilha esta matéria de grande utilidade de saúde publica que destaco aqui este assunto tão interessante: Os pombos podem provocar doenças como:

    Dermatite – é causada por ácaros de pombos, proveniente das aves ou dos ninhos, que podem causar infecções na pele do homem.

    Criptococose – Transmitida pelo ar, devido à inalação da poeira que contém fezes secas de pombos e canários. Prejudica o pulmão e pode afetar o sistema nervoso central, o que causa micose profunda, alergias e até meningite crônica ou subaguda.

    Histoplasmose – Os sintomas variam desde uma infecção assintomática até febre, dor torácica, tosse, mal estar geral, anemia, entre outras. Pode causar micose profunda.

    Alergias respiratórias – Ocorre pela inalação de penugens e partículas de penas que irritam a mucosa respiratória, provocando alergias.

    Salmonelose – Ocasionada por bactérias e transmitida pela ingestão de alimentos contaminados por fezes de pombos.

    Crédito da foto: HGomes
    Gostei, favorritei e irei divulgar!

    ResponderExcluir